Dec

15

2015
Os Guardiões & O Espírito Natalino
Postado por Isadora Ribeiro. Falando sobre Dicas, Entretenimento

guardians1

O post de hoje será dedicado à um filme muito importante na minha vida atualmente. Um filme que eu gostaria de ter assistido na minha infância e talvez não compreendesse o real significado mas sempre me encantei com animações visualmente bonitas e mágicas. A Origem dos Guardiões é uma animação de 2012 que sim, eu já tinha assistido no ano passado quando entrou pra grade do Netflix, mas eu não tinha dado a devida atenção. E por conta exatamente disso é que eu resolvi colocar o filme na pauta do post de hoje.

O momento que estamos vivendo é sempre muito importante pro impacto que um filme/livro/série vai causar em nós. Nosso olhar pessoal é importante. Conhecer nós mesmos e usar nossas referências pra compreender que tipo de reação esse filme causou em nós, faz parte do papel do telespectador. E preciso confessar pra vocês que minha reação foi de total inspiração. Eu precisava desse filme exatamente no dia e na hora que eu o assisti. Mas Isa, eu não vi o filme, do que se trata?

jackfrost

A Origem dos Guardiões conta a história de Jack Frost, o mais novo Guardião. Invisível aos olhos humanos e com poderes de congelar e fazer nevar quando quiser, Jack foi escolhido pelo Homem da Lua para se juntar à Fada do Dente, Coelhinho da Páscoa, Sandman e Papai Noel, para proteger o mundo contra o Bicho Papão.

A premissa é simples, é verdade, mas a DreamWorks trabalhou com muito capricho e maestria. E é lindo poder falar isso de uma animação que não foi feita pela Pixar. Sim, existem coisas deslumbrantes fora do mundinho Pixar/Disney. A qualidade dos efeitos visuais, o roteiro sensível e a preocupação com o áudio, foram elementos essenciais pro grande impacto que esse filme causou em mim. Por exemplo, o áudio aumentava quando o Breu falava sobre medo, inferindo que os nossos medos falam mais alto de vez em quando. Sem contar no projeto visual do Sandman. Que perfeição, que olhar! Parabéns pra equipe que pensou em cada detalhe!

sandy1

O Sandman é um personagem carismático sem dizer nenhuma palavra. Eu amo o projeto visual dele, amo o “poder” dele (queria ter por causa dos meus problemas de dormir kkkk) e ele tem um senso de humor e bravura muito maravilhoso. É o personagem encantador do filme. O meu Guardião preferido com certeza.

O fato é que todos já fomos Jack Frost. Já nos sentimos invisíveis antes. Já sentimos que ninguém acreditava em nós, incluindo nós mesmos e já nos sentimos perdidos sem saber qual é o nosso cerne, ou seja, aquilo que nos move. Somos solitários impulsivos e de vez em quando temos medo de trabalhar em equipe por não saber como entrar em ação ou pelo medo de não ser aceito.

sandyebreu1

Já nos sentimos como o Breu também, com raiva e querendo que o mundo saiba o quanto estamos chateados e tristes, querendo que o mundo também fique como nós. Sentimos que os medos nos dominam e não acreditamos em nada, damos forças aos nossos piores pesadelos. Somos humanos, isso acontece e muito, não é mesmo?

Cada um dos guardiões nos faz refletir sobre uma questão específica (normalmente é sobre o que os move). Embora seja um filme infantil, os guardiões não tem nomes que as crianças conhecem como Papai Noel e Coelhinho da Páscoa. São Norte e Coelhão por exemplo e eles brincam com isso dentro do filme. E a união entre eles também é crescente, é algo que precisa ser ajustada, precisa de uma sincronia enquanto o caos acontece, sabe? Uma passagem legal é quando Norte diz para o Jack que ele precisa encontrar o que o move. E isso me fez pensar muito sobre o que me move. Precisamos ser apaixonados pelas coisas que nos movem.. Já pensaram nisso?

everybody

A importância das crenças (seja lá no que for) é importante pra memória das crianças. E mesmo você não sendo criança, você se lembra de como era naquela época mágica de acreditar nesses personagens e o que isso trazia de bom pra você. Nós podemos não acreditar nesses personagens hoje, mas acreditamos em outras coisas, mudamos, crescemos, temos outra visão do mundo, temos uma bagagem diferente da bagagem do amiguinho do lado e consequentemente outras crenças. E não importa o que for, nunca devemos deixar de acreditar no que nos move. E esse é o espírito natalino. Pelo menos pra mim.. Você não precisa amar o Natal nem nada, mas se tirar esse momento pra refletir e se encontrar com o que você acredita, sinta-se livre pra entrar no espírito natalino da sua forma.

O filme não vai se aprofundar em cada um dos guardiões mas para isso, temos os livros ilustrados lançados pela editora Rocco. São incríveis e não vejo a hora de tê-los na minha estante. Eu falei um pouco deles no meu último post no Literature-Se.

fada

Temos que nos permitir abrir nossas mentes e o coração para filmes com mensagens assim. Aproveitando essa época festiva, acredito que estamos no momento ideal pra revermos e refletirmos o que foi feito durante o ano, o que poderia ser feito melhor, o que aprendemos e o que desejamos melhorar no ano que está vindo.

Tenho certeza que muitos de vocês já assistiram esse filme mas aos que não viram: deem uma chance neste Natal! Tá no Netflix, tá acessível.. Junte a família, as crianças principalmente, e entrem nessa reflexão e magia incrível do filme. Desejo à todos vocês um ótimo Natal e final de ano (ainda é cedo mas sou adiantada)!

Me acompanhe por aqui também: Facebook ♥ Twitter ♥ Geek 2 Geek ♥ Instagram ♥ SkoobGoodReads


Isadora Ribeiro
7
Dec

13

2015
Os Bons Segredos
Postado por Isadora Ribeiro. Falando sobre Resenhas

01

Livro: Os Bons Segredos
Autora: Sarah Dessen
Editora: Seguinte
Número de Páginas: 408
Rating: post-698_c3

Os Bons Segredos conta a história de Sydney, uma garota que vive invisível na sombra do irmão. Peyton é descolado, bonito, charmoso, popular e cometeu alguns crimes na adolescência. Mas foi só após dirigir bêbado e atropelar um garoto que foi parar na prisão de vez. Isso não só afetou a família inteira de uma forma intensa e esperada, mas a vida de Sydney começou a mudar.

Durante uma recuperação de um delito de Peyton, ele fez amizade com Ames. Com a amizade crescendo, os dois foram se ajudando a se manter afastados do crime e se tornando pessoas melhores. Os pais de Sydney e Peyton se sentem gratos por Ames e o tratam como um outro filho, mantendo-o sempre por perto. Desde que Peyton foi para a prisão, Ames mantém contato e se sente como um irmão mais velho presente para Sydney.

02

Mas essa relação não ajuda em nada no desenvolvimento de personalidade dela. Ela não se sente segura nem acolhida por Ames e seus pais, que insistem em não enxergar que Peyton foi culpado por estar na prisão. Ames a incomoda. Seus pais cegos a incomodam. Ela precisava de alguma mudança para dar um gás na sua própria vida. Resolveu pedir para os pais uma mudança de escola. Com os gastos altos com advogados e terapeutas, economicamente a mudança foi positiva na família.

Através de muita pizza e batata frita, Sydney encontra um porto seguro. Laila. Filha do dono de uma pizzaria perto da escola nova, logo se tornam amigas e Sydney encontra alguém a quem pode confiar suas angustias sobre como se sente em relação à Peyton, a si mesma e a seus pais. Laila a introduz no seu pequeno e divertido círculo de amigos e, mesmo com bastante timidez e traumas de ser sempre a sombra de alguém, a personagem consegue evoluir e desenvolver sua própria voz.

03

O livro é um jovem adulto contemporâneo que embora se passe no colegial, tenha romance, amizades e clichês, também tem muito drama e pontos super importantes de construção de caráter, confiança e personalidade. A confiança é um dos principais pontos abordados. Em um determinado momento do livro, sem spoilers, a autora até começa a abordar abuso e violência, dando poder à voz interior de Sydney mesmo que a própria não perceba no mesmo momento que o leitor.

Dois pontos positivos: a amizade do antigo colégio é mantida e não é deixada de lado e o romance que surge é natural e sutil. Ninguém é incrivelmente esbelto, perfeito e bonito. Todos têm um passado, todos têm segredos e aprendizados. Isso é muito bacana e é mostrado no livro.

Temos cenas angustiantes, bonitinhas, fofas, alegres, fortes e dramáticas. É um dos YAs mais sérios e completos, escrito por uma grande autora que tem o poder de fazer 408 páginas passarem tão rápido que nem percebemos. Vale a pena a leitura. Que venham mais títulos da Sarah Dessen para a conhecermos ainda melhor!

Me acompanhe por aqui também: Facebook ♥ Twitter ♥ Geek 2 Geek ♥ Instagram ♥ SkoobGoodReads


Isadora Ribeiro
2
Dec

05

2015
10 Desafios Motivacionais Para Melhorar Seu Dia
Postado por Isadora Ribeiro. Falando sobre Comportamento, Dicas

Esse foi um dos posts mais difíceis de escrever. Vocês sabem que eu gosto de vivenciar as coisas que escrevo pra colocar sempre um pouquinho de experiência própria nas dicas, nos textos, DIYs, receitinhas e tudo mais.. Mas acho justo começar explicando o motivo que me levou a montar essa lista (primeiro pra mim mesma). Eu estava passando por uns momentos conturbados na minha vida e até dei um hiatus no blog pra descansar. Sabe quando o computador precisa de um reboot? Então, é isso aí! E foram com esses 10 desafios que consegui motivação pra continuar meus projetos e eu continuo fazendo um pouquinho de cada uma dessas coisas de vez em quanto. Então, resolvi compartilhar com vocês em um post com título de matéria de revista, eu sei..

010

Entre em contato com a natureza.

Sei que nem todo mundo mora perto da praia mas quem disse que eu mesma vou pra praia todos os dias? Claro que não. A foto é só ilustrativa (e de vez em quando eu vou mesmo). Eu entro em contato de outras formas, temos muitas flores e plantas em casa, desde criança minhas família sempre incentivou esse contato e depois de velha, na maioria das terapias que fui, indicaram o contato com a natureza.

– Afaste-se das redes sociais por algumas horas e veja como se sente.

Desligue as notificações, pare de seguir pessoas que não são seus amigos de verdade, faça aquela limpa básica. Por que precisamos estar 40h online? Sei que é difícil pra muitas pessoas mas eu não suporto meu celular fazendo barulho a cada 5 segundos. Nunca liguei as notificações e me orgulho disso. Se eu já sou uma pessoa nervosa sem isso, imagina com isso? Se você

– Assista vídeos de animais fofos

Sério, como não se animar? Ou pelo menos achar fofo.. Vai, se entreguem nesses vídeos!

– Visite um lugar diferente

Pode ser um lugar novo na sua cidade ou algum lugar que tá lá desde sempre mas você nunca foi, sabe? É muito comum as pessoas reclamarem dos lugares na própria cidade. Tipo “Nunca tem lugar bom pra comer aqui!” ou “O que podemos fazer pra nos divertir?” ou a clássica “Só em São Paulo (ou na capital de onde você mora) tem coisas legais pra fazer!” Não é assim. Não é verdade. Quem quer, quem tem força de vontade e tira o dia pra fazer essas mudanças de pensamento na vida, consegue! Vamos ser assim por um dia, então?

– Comece uma leitura nova

Uma das minhas tarefas favoritas dessa lista. É sempre bom começar uma nova leitura ou explorar novos gêneros. Aqui no blog temos uma lista de resenhas de diferentes gêneros de livros pra você se inspirar e começar. Ler não traz nenhum mal e quando eu digo isso não quer dizer que você precisa ser um gênio e ler um livro de 900 páginas. Cada pessoa tem um gosto e paciência diferente para leitura. Se você gosta de ler livros mais curtos e interativos, ótimo. No momento eu tô em uma vibe de ler Fantasia. E vocês?

003

– Deixe um medo para trás

Medo. Todo mundo tem. Seja de coisas físicas ou emocionais. Medo de aranhas, baratas, de morrer, de ser assaltada, de falar em público.. É difícil perder o medo, principalmente em um mundo em que 90% das pessoas sofrem de transtornos e ansiedade. Isso é fato. Mas por que não se desafiar? Faça uma lista dos seus medos e começe tentando se desprender do que você acha mais possível. Eu por exemplo tinha muito medo de falar em público e me expor. Uma coisa que tem me ajudado é o Youtube e os vídeos quinzenais que faço pro Geek 2 Geek.

– Elogie você mesma

tumblr_nkbhuvRvmB1sjlvbvo1_500

Olhe você mesma no espelho e diga algo bom. Um pequeno elogio. Já é um ótimo jeito de começar o dia e desenvolver uma felicidade interior. Não importa o que os outros dizem. Você importa pra você mesma. Você precisa se amar primeiro do que os outros. Elogiando você mesma, já é um bom começo. E se você já faz isso, continue. Não pare!

– Não reclame

Eu ainda vou escrever um post só a respeito desse tópico mas você já ouviu falar do projeto #1mêssemreclamar? Eu sei o quanto é difícil, principalmente se você é uma pessoa que reclama bastante e diz que não reclama (admite vai, eu mesma sou assim). E minha gente, eu fiz um teste. Fiquei um final de semana inteiro sem reclamar e guess what? Deu certo e eu me senti tão melhor! A parte mais difícil foi me segurar no trânsito, mas foi um ótimo exercício pra mente.

tumblr_nirk82Rw4V1qk08n1o1_500

Quanto mais a gente reclama, mais clamamos pelas coisas ruins. Seja em nós mesmos, nossas fraquezas, defeitos.. Ou nos outros, mandando energias negativas para outras pessoas. E isso não é bom para nós. Pois quanto mais energia negativa por aí, menos energias positivas para absorvermos, certo?

– Trace uma pequena meta diária.
Não precisa ser algo prolongado e difícil. Na verdade, esse não é o objetivo desse tópico. Desde beber oito copos de água por dia, comer de 3h em 3h, começar uma conversa com seu crush ou ficar 1h sem redes sociais. Marque uma meta e cumpra. Comece com pouco e você vai ver como se sente bem quando cumprir uma meta. Aos poucos, vá aumentando de acordo com suas necessidades. Desafie-se!

– Seja feliz com o que você tem

“Se você se contenta com o que você tem, você terá uma vida muito mais feliz” Robert Walker.

Esse tópico é sobre gratidão. Pesquisas sugerem que apreciar o que você tem pode aumentar a felicidade e diminuir os sentimentos negativos. Talvez seja por isso que a Oprah mantém um diário de gratidão por anos.. E veja bem, não estamos falando de coisas materiais. Pense no geral: ter uma família presente, pessoas amadas ao redor, amigos que você pode contar sempre..

– Post-it suas metas em lugares visíveis

Visualizar as metas ou poder ler sempre próximo de você uma afirmação positiva é um excelente motivador. Com a correria do dia dia, acabamos esquecendo de trabalhar nossa mente. Já lemos e ouvimos por aí que devemos sempre manter pensamentos positivos, certo? E é fácil de fazer isso? Não! Os post-its me ajudam muito. E olha, nem precisa ser um post-it! Já mostrei pra vocês em dois posts que podemos decorar nosso quarto ou home office com quadrinhos com quotes legais que inspiram. Por que não escolher ou você mesmo montar, uma frase legal e positiva pra ler sempre que bater o olho? Deixe próximo de um local que você sempre poderá olhar.

012

– Pratique a paciência.

Talvez esse seja o tópico mais difícil, pelo menos pra mim. Ele anda junto com o tópico da reclamação. Quanto menos reclamarmos, mais paciência temos. E sim, pra fazer um, precisamos da ajuda do outro. Uma das coisas que me ajudaram a ter paciência foi praticando yoga. Eu já fazia há uns anos e parei. Não sei porque! Mas voltei a entrar em contato com toda a filosofia e está ajudando pra caramba.. Permita-se encontrar o seu jeito pra se dar bem com a paciência. Cada um tem seu jeito, certo?

Me acompanhe por aqui também: Facebook ♥ Twitter ♥ Geek 2 Geek ♥ Instagram ♥ SkoobGoodReads


Isadora Ribeiro
22
Nov

26

2015
Vamos falar sobre séries? The Blacklist
Postado por Milena Mendes. Falando sobre Entretenimento

ALERTA: Essa é uma série que você vai ficar contando os dias para o próximo episódio.

 

tbl1

 

De um tempo pra cá, venho tentando sair um pouco das minhas “séries de menininha” e explorando mais esse mundo MA-RA-VI-LHO-SO chamado Netflix, quando me descobri uma pessoa viciada em séries policiais. Tudo estava correndo tão bem e dentro do normal, até que vi a propaganda de The Blacklist nos telões da praça de alimentação de um shopping onde sempre almoço.

 

A série começa com o criminoso mais procurado do FBI, Red Reddington, se entregando para as autoridades. E tras junto com ele, uma lista de criminosos que os agentes nem fazem ideia de que existem, os quais ele promete entregar, um por um, mas uma condição: Ele só fala com a mais nova funcionaria do FBI, Elizabeth Keen.

 

tbl2

 

O plot principal gira em torno da vida de Elisabeth e sua conexão com Red, enquanto vamos conhecendo detalhes da vida de Liz e contando com a pitada de girl power que a personagem da a série, temos um nome da Lista Negra de Reddington revelado a cada episódio, e como a força tarefa do FBI faz para captura-los.

A parte mais interessante da série, sem sombra de dúvida, são os nomes da Lista Negra de Red, onde conseguimos encontrar criminosos que modificam o DNA de vítimas para falsificar mortes, uma organização de adoção ilegal, entre outras coisas que além de deixar o espectador totalmente focado no episódio, nos faz pensar muito em cada caso que é apresentado.

Além de tudo isso, também contamos com a história de cada personagem da série que vamos conhecendo pouco a pouco ao decorrer de cada episódio, o que, com toda a certeza nos faz amar/odiar cada um cada vez mais.

 

tbl3

Os Personagens:

 

Raymond (Red) Reddington (James Spader):

O ator James Spader da vida ao nosso criminoso favorito. O que eu mais gosto em Red, é que ele é o famoso anti-heroi. É o tipo de personagem que tem ações que se fosse qualquer outro, seria motivo de ódio, mas não com ele. Fora que o sarcamo e ironia de Red adiciona o “toque especial” que a serie precisa.

E ah, deixe seu caderninho preparado nas cenas de Red: Ele tem as melhores falas!

 

Elizabeth Keen (Megan Boone):

Impossível não amar Elizabeth Keen. Megan da tudo o que é necessário para que a personagem nos cative mais a cada episódio, fazendo com que os espectadores deem risada e chorem com tudo o que acontece na vida da personagem. Não consigo me lembrar de nenhum outro personagem grande de Megan, me corrijam se eu estiver errada, mas de verdade, como não descobriram essa menina antes? Conseguimos acompanhar várias fases de Liz, onde a atriz interpreta com perfeição e sem deixar a personagem do pilot da série se perder.

Além de tudo, ela é uma fofa e super ativa nas redes sociais. E ah, acabou de anunciar que está gravida. Já estou morrendo de fofura.

 

Tom Keen (Ryan Eggold):

É difícil falar sobre o personagem de Ryan sem dar grandes spoilers. Ele é o tipo de personagem que a linha entre o amor e ódio é bem tênue, e, como Megan, Ryan da vida a várias personalidades do personagem perfeitamente, desde um personagem sangue frio, e um marido amoroso. Em vários momentos da série quis dar na cara do Tom, e depois leva-lo pra casa e cuidar. De verdade, quando se trata de Tom Keen, esteja preparado.

 

Donald Ressler (Diego Klattenhoff):

Eu, particularmente, não sou grande fã do Ressler (As Team Ressler vão me matar!) presente no FBI desde o primeiro episódio, sinto que ainda falta explorar mais do personagem na série para que ele me cative. As vezes enxergo ele com o personagem ‘estraga prazeres, sabe? Mas, além disso, a química entre Diego e Megan é ótima, fazendo com que as cenas dos dois, sendo como parceiros no FBI ou apenas conversando em momentos do cotidiano da série sejam muito boas.

 

Dembe (Hisham Tawfiq):

Não podia terminar esse post sem falar sobre o Dembe. Mesmo não sendo nem de perto um dos personagens principais da série, como não amar?

Dembe é o guarda-costas/braço direito de Red, e de verdade, tudo que eu queria na vida é um Dembe pra mim. É visível, em cada cena dele com o Red, a dedicação que o personagem tem com o seu ‘chefe’, e mesmo estando no mundo do crime desde sempre acompanhando Reddington, fica claro que o personagem tem um coração melhor do que muito mocinho da série.

Ah, tem um episódio que é focado na história dele que me arrancou lagrimas.

 

tbl4

 

Você pode acompanhar as duas primeiras temporadas de The Blacklist no Netflix. Além disso, é possível acompanhar a primeira temporada pelo canal AXN, na tv a cabo, ou pela Globo, todas as sextas-feiras, após o Globo Reporter.

 

 

Vocês gostam desse tipo de post? Em qual série estão viciados no momento? Deixem nos comentários que eu to louca pra saber e conhecer séries novas.


Milena Mendes
0
Tags:
Páginas123456... 40»